Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Amor Incondicional - Amor&Liberdade

Eu quero aprender a Amar mas sem prender, acho que a Liberdade é o maior vinculo e prova de Amor... mas será que vou conseguir chegar ao fim desta passagem e viver um Amor Livre?

Amor Incondicional - Amor&Liberdade

Eu quero aprender a Amar mas sem prender, acho que a Liberdade é o maior vinculo e prova de Amor... mas será que vou conseguir chegar ao fim desta passagem e viver um Amor Livre?

24
Out19

Optimistic October - Day 24: Recognise that you have a choice about what to prioritise

solua

Reconhece que tens uma escolha que tens que priorizar...

Escolhas temos muitas ao longo do dia, com as suas consequências inerentes, a prioridade é baseada nos valores e princípios de cada um.

Tenho lido muito sobre um Bem um Maior, do que o nosso... passará por ai... por de lado, o nosso ego e pensar mais nos outros, nem sempre é fácil.

11AA1B15-2A5A-4A58-A67E-0A827A461131.jpeg

 

actionforhappiness.org/optimistic-oct… #OptimisticOctober

20
Set19

Emoções: Amor 💕 vs Ódio

solua

Continuado a falar de emoções como podemos amar muito e de repente odiar com a mesma intensidade?

Eu não sou psicóloga mas penso que se deve aos nossos instintos animais de sobrevivência: Luta ou Foge e muitos lutam para sobreviver e deviam fugir e desistir e não é por cobardia...

Mais uma situação que reagimos aos nossos instintos  e por vezes cansados, as nossas ações não são as melhores...

Meus queridos eu não sou perfeita mas quero seguir o meu coração mas não reagir a quente... a solução será fugir 🚶‍♀️ durante algumas horas e voltar para continuar a lutar  🤼‍♀️  Pelo o que eu amo 🥰 !

23
Jan18

Até onde quer chegar? Quer dar o melhor de si?

solua

"Sente que está no ponto de viragem?

 

Está disposto a sair da sua zona de conforto?

 

Acredita que tem em si a energia para mudar?

 

Colocar o foco e intenção no que queremos!

 

Fazer algo de diferente e que me trouxesse maior Realização Pessoal e Profissional -

deixar tudo o que me fazia sentir confortável..."

 

Gostava de fazer a diferença!

 

Desejo do que quero construir para o Futuro, o Contributo e o Exemplo que pretendo deixar.

 

Poder contar uma história da qual sinta Orgulho, sentir que Vivi uma Vida alinhada com aquilo que Acredito!

 

"Pedem para lhe contar a história da sua vida...

 

Onde está? Em casa.

O que a rodeia? Luz.

Quem são as pessoas que estão consigo? A minha Familia.

Que expressão tem no rosto? Feliz e serena.

O que foi mais importante na sua vida? Constituir a minha Familia.

A que valores se manteve fiel? Fazer o bem sem olhar a quem, e acreditar no amor, especialmente no Amor próprio.

O que foi determinante para ter o melhor que teve? Acreditar em mim e no Amor.

Quais as escolhas que fizeram a diferença? Continuar a aprender e a evoluir como Pessoa.

As maiores aprendizagens? No Amor devemos amar e deixar ir. Viver levemente sem carga de odio, vingança... Quem leva o caminho do Bem, chega onde quer!

Do que mais se orgulha? De nunca deitar ninguem abaixo para evoluir profissionalmente e pessoalmente, essa evolução tem sido a custa do meu esforço, dedicação e trabalho. E da minha Familia onde nasci e os meus filhos que escolheram como Mãe.

07
Nov13

Será possível conciliar carreira, maternidade e realização pessoal?

solua

Acredito que esta pode ser uma questão minha e de muitas futuras ou atuais mamães que se vêem diante da necessidade de conciliar maternidade e trabalho

 

...

 

Tarefa difícil, mas não impossível, acredito. ... Entretanto, quanto tempo temos ainda para nos realizarmos profissionalmente? Quantos anos os bebês precisarão de nós e o que isto representa no tempo total que temos para exercer nossas atividades profissionais? O que representa uma redução no ritmo

das atividades por um tempo se tenho a vida toda pela frente para atuar profissionalmente, crescer financeiramente e/ou continuar me formando?

 

....

 

para aquelas que sentem a maternidade como uma missão, como uma contribuição para um mundo melhor...

 

...

 

 "a personalidade do futuro adulto é influenciada e moldada pelas emoções e atitudes da mãe"

...

 

 

21
Jan13

O EXEMPLO: A MELHOR FORMA DE EDUCAR

solua

Hoje, desde de manhã só me estão aparecer frases deste tipo:

 

 
E sinto-me mal comigo, dado que o meu exemplo não tem sido dos melhores...
 
Porque grito muito com eles, quando:
- estão a situação de perigo,  e fico com medo que se magoem,
- estão a bater e discutir,
- não obedecem e gozam comigo :(
 
Gostava de saber lidar com estes comportamento de outra forma!
 
Li numa página da internet, sobre este tema e fez-me pensar...
 
"Devemos dar atenção suficiente à eles e actividades para que eles possam se ocupar e não procurar coisas erradas pra fazer.
...

Todas as vezes que precisamos dizer ‘não’ aos nossos filhos, temos que explicar o porquê de não poder fazer o que estão pedindo.

 

Mesmo se pensarmos que nossos filhos não entendem o que falamos, podemos e devemos explicar aos nossos filhos o porquê de não poder fazer uma coisa ou outra. Quando damos uma explicação, eles entendem que tem um porque para não poderem fazer aquilo. Após a explicação, temos que sugerir algo que a criança possa fazer para que ela se ocupe e não pense mais no outro assunto.

 

É claro que simplesmente dizer não e mandar a criança ‘passear’ é muito mais fácil. Mas esta atitude prejudica a criança que se sente agredida e injustiçada por não ter tido o direito à uma explicação.

 

...

 

Os pais dão atenção ao filho, explicam que não pode fazer o que estão pedindo e sugerem outra coisa para fazer: ninguém sai ferido, nenhuma mágoa é provocada e os ânimos se mantêm em paz.

 

E é assim que formamos o carácter e educamos um filho com amor e que vai retribuir aos pais quando crescer. Como sempre, é uma questão de escolha: se escolhermos trabalhar mais nos primeiros sete anos dos filhos, dando-lhes atenção e dedicando-lhes mais tempo, teremos o resto da vida deles recebendo elogios a coleccionando alegrias; ou ignoramos estes princípios e ilusoriamente teremos sete anos de ‘vai levando’ e o resto da vida deles nos aborrecendo com os problemas que nós mesmos provocamos.

 

...

 

O problema é que nós não sabemos o real significado das palavras castigar e disciplinar e nós agimos ou por instinto, ou pela influência do que sofremos nós mesmos com os nossos pais.

...

 

Se a mente dos pais está cheia de preocupações e frustrações, eles não vão conseguir mostrar aos filhos o que a vida tem de melhor.

 

...

 

A escolha é sempre nossa.

 

Se uma mãe bate no filho, bater é o que ele vai aprender e com certeza esta mãe será chamada muitas vezes na escola porque seu filho vive batendo nos outros.

 

Afinal, foi o que ela ensinou ao filho. O filho vai associar bater com obedecer.

...

 

 

Vamos consertar os adultos primeiro para depois cuidar das crianças.

 

O ingrediente mais importante: amor! E pode abusar na receita. Tudo com amor é mais fácil.

 
Fonte: http://projetofilhos.wordpress.com/crianca-segue-exemplos/